15Julho2024

  
 

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Imbel e AEL Sistemas assinam Memorando de Entendimento visando produção de rádios táticos

Durante a tarde do dia 07 de julho, nas dependências da AEL Sistemas, o Diretor Presidente da Indústria de Material Bélico do Brasil (IMBEL), General de Divisão R1, Ricardo Rodrigues CANHACI juntamente com a diretoria da AEL, assinou um Memorando de Entendimento, na qual torna oficial a parceria entre as duas empresas para o desenvolvimento e produção de sistemas de rádios táticos destinados às Forças Armadas do Brasil.

Os primeiros passos entre a IMBEL e AEL, ocorreram no decorrer do ano de 2017, e desde então as empresas buscam os melhores caminhos para a definição de um modelo para o desenvolvimento e fabricação conjunta de equipamentos de comunicações e sistemas de rádio, por meio da divisão de tarefas e infraestrutura, que serão analisados caso a caso.

A AEL Sistemas acredita que com a experiência adquirida no desenvolvimento do Rádio Definido por Software, RDS Defesa, em parceria com o Centro Tecnológico do Exército (CTEx), contribuirá decididamente para o sucesso dessa parceria. 

A IMBEL é uma Empresa Pública dependente vinculada ao Ministério da Defesa por intermédio do Comando do Exército. É constituída por cinco Unidades de Produção e além da missão de produzir e comercializar produtos de segurança e defesa, a IMBEL® é uma EMPRESA DE SOLUÇÕES, que por meio da Pesquisa e Desenvolvimento está apta a desenvolver novos produtos, em parceria com empresas nacionais e estrangeiras e Centros de PD&I.

A AEL Sistemas é uma empresa brasileira que, há mais de 40 anos se dedica ao projeto, desenvolvimento, fabricação, manutenção e suporte logístico de sistemas eletrônicos militares e espaciais, para aplicações em plataformas aéreas, marítimas e terrestres. Atualmente, participa do desenvolvimento de diversos Projetos Estratégicos das Forças Armadas do Brasil e participa dos principais programas de Comando e Controle do Ministério da Defesa, como: Link BR-2, STERNA e RDS Defesa entre outros.