14Julho2020

           

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

IAE/FAB e Kryptus assinam contrato do IFF nacional

Prioridade número um do COMAER (Comando da Aeronáutica) para desenvolvimento tecnológico, a Fase 2 do programa IFF Nacional entrou em execução contratual no último dia 28 de abril de 2020, quando a Kryptus recebeu a ordem de serviços emitida pela Fundação Casimiro Montenegro Filho.

O programa, que deverá ser executado em 24 meses, resultará em todos os componentes necessários, terrestres e aeroembarcados certificados relacionados ao sistema de IFF - do inglês Identification Friend or Foe, ou Identificação de Amigo ou Inimigo. Os artefatos desenvolvidos serão utilizados no Programa F-X2, responsável pelo desenvolvimento e aquisição de 36 caças F-39 Gripen E/F para a FAB. 

Atualmente, poucos países possuem tecnologia de IFF própria, dentre eles, certos integrantes da OTAN, China, Rússia e África do Sul. No Brasil, por força de Lei, a criptografia empregada deve ser nacional, e a entidade que fará a gestão das chaves será o próprio COMAER.

O Gerente do Projeto no IAE (Instituto de Aeronáutica e Espaço), Major Aviador Guilherme Moreira, comenta que “este projeto visa atender uma demanda genuína da FAB e lançou o IAE numa importante jornada rumo ao desenvolvimento do primeiro aviônico com tecnologia 100% nacional. Contamos com a Kryptus como parceira e pretendemos entregar o estado da arte em termos de classificação segura para o emprego nas Forças Armadas. É um passo imprescindível rumo a uma interoperabilidade harmônica entre as Forças”. 


Acima Brig. Eng. Demétrio e Roberto Gallo, da Kryptus, durante a cerimônia de assinatura do contrato do IFF (Foto: Kryptus).