03Fevereiro2023

 
 
 

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Revelado o volume das exportações de armamento russo

Recentemente, o Presidente Vladimir Putin destacou as significativas conquistas das empresas estatais no esforço de aumentar as exportações de armamento russo. Desde o início do ano, a receita proveniente de material russo de emprego militar chegou a US$8 bilhões, disse o chefe de estado durante um evento referente ao 15º aniversário da Rostec State Corporation. “Hoje uma significativa parcela de armamentos se destina ao consumo interno, para suprir as necessidades das Forças Armadas mas, mesmo nessas condições, já comercializamos no mercado mundial armamentos no valor de US$8 bilhões”, declarou ele, segundo o canal oficial do Kremlin no Telegram. Ele frisou que, nas condições atuais, esse é um resultado significativo. Acrescentou ainda que receitas adicionais são esperadas referentes a contratos concluídos até o momento.

O CEO da Rostec, Sergey Chemezov, disse que empresas como a United Aircraft Corporation, a Kalashnikov Concern, a High Precision Weapons Holding e outras “têm trabalhado em três ou quatro turnos” para atender aos contratos estatais e de exportação. A maior parcela dos negócios de armamento russo passou pela Rosoboronexport, a intermediária estatal para vendas de defesa. O CEO da empresa, Alexander Mikheev, acabou de receber a comenda “Por serviços à Pátria-Mãe”. Na foto, o sistema antiaéreo Pantsir-S1, da KBP/HPW, que está entre os “best-sellers” russos no mercado mundial de armas.